ornamentação da igreja

Regulamento para ornamentação da igreja em bênçãos matrimoniais:

1- A ornamentação para casamentos, bodas de prata e de ouro, etc., pode ser feita:
a) pelo próprio casal;
b) por familiares;
c) por floricultura ou pessoa contratada pelo casal.
Obs.: a Paróquia não assume qualquer compromisso de executar uma ornamentação ou de intermediações, apenas pode dar sugestão.
2- Os custos financeiros de uma ornamentação são de exclusiva responsabilidade dos interessados.
3- Permite-se que os arranjos sejam colocados somente:
a) nos bancos, sobre os suportes especificamente destinados para tal e
b) na mesa da comunhão apenas um;
c) é terminantemente vedado o uso da pia batismal, da cruz e do púlpito como suporte para colocação de arranjos;
4- As flores e os verdes só podem ser arranjados em material como argila ou esponjas devidamente embaladas para não sujar os bancos;
5- Não é permitido o uso de taxinhas, fita crepe, pregos, arrames, barbantes, spray, purpurinas ou qualquer outro material similar para fixação e adorno de qualquer natureza que venha a danificar os móveis e/ou dificultar a limpeza (inclusive o habitual arroz, até o limite do portão de entrada da Igreja). Todos os arranjos são simplesmente colocados.
6- É vedado deslocar, remover, retirar peças e móveis litúrgicos.
Por móveis litúrgicos entende-se: púlpito, altar, pia batismal, círio pascal.
Qualquer outro móvel ou peça de dentro da igreja somente poderá ser deslocado com autorização por escrito pelo pastor responsável pela cerimônia.
7- É vedado colocar qualquer tipo de objeto ou peça para decoração que venha a descaracterizar os motivos litúrgicos próprios de um ambiente confessional luterano.
8- É vedado o uso de qualquer parte das dependências e do ambiente interno da Igreja para a confecção dos arranjos. Eles devem vir prontos de casa ou da floricultura.
9- Todo o trabalho de ornamentação e limpeza terá a supervisão do zelador da Paróquia. O mesmo está autorizado a exigir o cumprimento das normas acima citadas. Qualquer outro detalhe não especificado deve-se obter junto a secretaria paroquial.
10- Tudo o que vier causar dano ao patrimônio, gerado em função da inobservância das normas acima fixadas. Relacionadas com o evento, antes e durante o período em que se realiza o evento, é da responsabilidade do casal, os quais farão o justo ressarcimento dos prejuízos causados.
11- A floricultura ou pessoa que desrespeitar qualquer cláusula deste regulamento será impedida de efetuar a ornamentação. No caso de reincidência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>